#5: A preparação do Camp-in -s segue imparável!

Nova reunião do Camp-in-Gás vem a caminho – 7 de Abril, marca já na tua agenda

As reuniões de Março trouxeram-nos novidades. Já estivemos no parque que a ABAD (Associação Bajouquense para o Desenvolvimento) vai ter a gentileza de nos ceder, já vamos desenhando como nos vamos poder instalar e, como podes ver na imagem abaixo as condições prometem, o espaço é LINDO (e ainda vai ficar melhor no verão).

Como já tínhamos vindo a perceber, o pessoal da Bajouca está super motivado com o acampamento e de braços abertos para nos acolher. Por lá a malta também já se mexe e no passado dia 23 tiveram uma sessão de esclarecimento sobre prospecção de gás com um painel bem iluminado de especialistas.

A agenda durante o acampamento promete ser bem preenchida, e já vai ganhando forma. Formações de activismo claro que não poderão faltar num acampamento de acção, e o resto do programa bem carregado de cenas interessantes vai se alinhando. Como não podia deixar de ser, acampamento na Bajouca vai contar com malta da Bajouca, e já está na agenda festa de abertura com música da zona, e devem seguir-se mais actividades com o pessoal de lá a mostrar tudo o que de bom a terra nos tem para oferecer. No meio de tanta actividade não vai dar para andar de barriga vazia, por isso a Caldeira Negra já está agendada para tratar dos melhores manjares vegan.

Além da Bajouca, não muito longe, em Aljubarrota também se planeia um furo, daí no 4º Encontro pela Justiça Climática ter acolhido uma sessão com activistas do Movimento do Centro. Aí puderam discutir-se os temas da falsa solução do gás ao problema das alterações climáticas, e os enquadramentos legais dos contratos e licenças (que como seria de esperar, estão contra o ambiente).

A luta contra o gás não se fica só pela zona centro, por isso passámos por Bragança, no Centro de Ciência Viva, para falar gasodutos, em especial do Gasoduto que querem construir na zona e criar mais uma ligação à infraestrutura de Espanha. Foi uma sessão bem animada, com grande presença e muita energia, quem sabe sementes de activismo que esteja para vir.

À medida que mais pessoas se juntam a nós, também o próprio Camp-in-Gás vai somando dimensão geográfica. O Climáximo esteve no Beyond Gas em Bruxelas e o Camp-in-Gás anda nas bocas da malta do mundo activista além-fronteiras, alguns grupos por esse planeta fora já começam a pensar pôr o Camp-in-Gás nas agendas.

As reuniões estão a bombar, até tivemos duas pessoas da zona super motivadas na última, prontas a fazer deste um acampamento brutal.

Queres saber como as coisas estão a mexer-se? Queres ser parte da preparação?

Não te preocupes, ainda vais a tempo!

Aparece na próxima sessão:

7 de Abril, Domingo, 17h00

CIDAC, R. Tomás Ribeiro 3-9, – Lisboa

(Picoas, ao lado da antiga Portugal Telecom)

Estamos a contar contigo!

Até já!